"A cozinha é o mundo mais fascinante da casa, o mais coletivo. Um espaço que reúne sobrevivência, prazer, refinamento e civilização." (Nélida Piñon)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Patê de Linguiça Blumenau

 
A linguiça blumenau é típica da cozinha alemã. Normalmente feita de forma artesanal, é macia, levemente defumada e com consistência de patê, ideal para canapés, lanches e com criatividade, na elaboração de tantos outros pratos com massas, batatas e até risotos.


- Linguiça tipo blumenau 
- Maionese para dar liga

Tire a pele da linguiça e amasse com um garfo. Junte maionese até dar liga e ficar em ponto de espalhar. Acrescente o pepino picadinho e pronto.

Sirva com torradas, pão italiano...ou monte canapés com quadradinhos de pão preto e uma fatia de pepino em conserva por cima.

Abaixo, uma foto que tirei num defumador na cidade catarinense de Pomerode, no frigorífico Zinke, numa viagem exploratória-gastronômica....



11 comentários:

  1. Tânia, querida,

    Eis aí outra receitinha especial! Eu não sei se já comi desta linguiça, vou procurar encontrá-la, rsrs.

    Um beijo e boa tarde!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Tânia adoro essa linguiça, já fui várias vezes no Mercadão quando morava em São Paulo buscar, realmente é deliciosa. Adorei sua receita. Ficou fantástica. Bjos

    ResponderExcluir
  3. No conozco este embutido, pero tu paté se ve muy bueno.
    Besos.

    ResponderExcluir
  4. Tania abraços, muito feliz com sua volta.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esta linguiça, Tânia, muito interessante ela ser macia por dentro. Que bom, aprendi mais uma hj! rsrs
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. que delicia..amei a dica..e..não conhecia essa linguiça..qando fôr no mercadão.vou procurar..bjo

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tânia,
    Que o patê é apetitoso, não resta dúvida. Embora eu não conheça esta linguiça, só pelo modo como é feita já mostra que é saborosa.
    Adorei ver o defumador. Não tinha ideia de como era. Grata pela informação.

    Beijinhos, Laura Lucia

    ResponderExcluir
  8. Acredito que seja fácil encontrar essa linguiça no Mercado municipal, mas confesso que nunca comprei.
    O patê com esse pepino deve ter ficado uma delícia. Algo que só passei a gostar quando vim morar aqui foi o pepino em conserva.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Gina, é mais fácil encontrar esta linguiça em Curitiba do que em São Paulo. Nos bons açougues da cidade se encontra. As minhas normalmente são curitibanas...rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Receita rápida,fácil e gostosa! Valeu a dica Tânia, um forte abraço!

    ResponderExcluir
  11. Grato pela receita Tânia, simples e gostosa! Um forte abraço!

    ResponderExcluir